Rapidinhas

A vocês leitores do Cantinho Feminino, venho através deste comunicar o nascimento de uma nova coluna aqui: Rapidinhas.

São listas de pequenos textos, na verdade a maioria serão frases mesmo, que penso/escrevo no cotidiano e talvez sejam relevantes (talvez sejam irrelevantes também, oras!) e não chegam a findar em um texto por definição.

Em outras palavras, é como aquela rapidinha que você dá no banheiro durante uma festa com uma pessoa que acabou de conhecer, e depois nunca acaba saindo algo mais “full” a partir disso. (O exemplo talvez tenha sido legal, mas infelizmente não é cotidiano dessa humilde aspirante a escritora rs)

Sem mais delongas!

Rapidinhas

Seriados: Comecei a assistir How I Met Your Mother esses dias. Já tenho uma desculpa para explicar as matérias que reprovarei na faculdade. Claro que não é o mesmo nível do mito “Eu, a Patroa e as crianças”, mas é um ótimo seriado.

Busão: Os ônibus daqui por vezes são extremamente lotados. Extremamente!

Ganhando presentes/gentilezas: Fui com um amigo comprar uma caixa de som e um par de fones de ouvido Bluetooth. Conversa vai conversa vem e o vendedor acaba fechando a venda com alguns descontos. A caixa de som de R$ 28,00 ficou por R$ 15,00 e os fones de ouvido saíram de R$ 35,00 por R$ 30,00. Além do super desconto, ficamos sem reação quando o vendedor falou que gostou da gente e deu outros dois pares de ouvido (daqueles de concha) e falou pra guardarmos logo antes que ele mudasse de ideia. Sem titubear guardamos os fones e fomos embora. Confesso que saí quase correndo, pois desconfiei de intenções que colocavam em risco minha integridade física com essa oferta de bondade. (rs)

Arrumando a casa: Recuperei os textos do blog. Dessa vez o backup será atualizado com mais frequência, espero não ter mais problemas com perda de dados do blog.

Tá tudo bem: O nível do Sistema Cantareira caiu novamente, batendo novo recorde: 13%. Mas é ano de eleição, sacomé, né? Todos os eleitores podem ficar tranquilos pois não teremos racionamento esse ano.

Ousadia e Alegria: No projeto intitulado “I’m a Doer” (mentira, inventei um nome agora, não tem nome essa bagaça!) me desafiei a todo dia superar um medo, independente da situação. Aproveitando o já citado mal frequentado ambiente dos ônibus aqui no ABC (o mesmo vale para os pontos de ônibus!) voltando da faculdade, no mesmo ponto de ônibus de sempre, vi um cara estranho que nunca havia encontrado até então. Me fiz de perdido e perguntei se meu ônibus passava mesmo naquele ponto e se já havia passado. “Qual ônibus você pega?”, “Ah, sério mesmo? Tenho uma prima que trabalha em banco também e…”, “Também gosto de fotografia, mas faz tempo que não faço um rolê por aí pra tirar umas fotos, a última vez foi…”. Conversa vai, conversa vem e acabei com um novo conhecido e uma companhia para esperar o ônibus durante meia hora todo dia hahah. Caramba! Quantas pessoas interessantes já devo ter deixado de conhecer graças a essa timidez excessiva. Mas que coisa sem sentido desperdiçar oportunidades por motivos tão bobos. Bora continuar tentando ser uma pessoa melhor e aproveitar mais a vida! o/

Fones de ouvido Bluetooth: Por que nunca comprei desse tipo antes? Simplesmente maravilhosa essa ideia. Sem fios, a bateria dura infinitas horas, não tem fios, são mais práticos e não tem fios (que por obra “divina” sempre se enrolam quando você guarda-os na bolsa). [ Quer saber como funcionam? Clique aqui (em inglês) ]

Menos é mais: Prosseguindo com minha promessa de ser mais feliz com menos coisas, essa semana vendi cinco livros e doei algumas roupas e filmes que não fazia mais uso.

Studying hard: Sábado de sol, eu e uns brother na faculdade estudando durante a tarde. “Se fosse fácil, todo mundo ia“, já dizia o poeta Falcão. Vamo pra cima!

Música: Esse fim de semana está rolando o Loollapalooza. Agradeço a cada instante por estar bem longe de tantas bandas chatas (exceto Pixies e Raimundos). Bom pra meus ouvidos e minha carteira. 🙂

SPFW: Aproveitando que esta semana ocorreu este evento tão importante na vida de todo brasileiro, relevantíssimo em termos culturais e sociais, fica aqui minha mensagem relacionada à semana mais “badalada” na moda paulistana: BARRIGA ZERO É O CA**LHO!

barriga zero

Perdendo presentes/dinheiro: Voltando à um dos tópicos iniciais da lista; na verdade não foi um ato de bondade. Meu amigo entregou uma nota a mais ao vendedor, sem perceber. Ao chegar em casa contou o dinheiro e viu que estava 50 reais mais pobre. :/

Fim

E aí pessoal, gostaram do formato dessa coluna?

Deixem seus comentários!